Diego Brito
 

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Quer me convidar para palestrar em seu evento? Me mande uma mensagem.

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Facebook Twitter LinkedIn Google+  

Como empreender sozinho ou com sócios

54
empreender sozinho ou com sócios

Como empreender sozinho ou com sócios. Como escolher sócio ideal? Escolher sócio ou empreender do zero? São perguntas comuns ao empreender. Vou contar para você como é seguir uma carreira empreendedora, construir o seu próprio destino, criar a própria oportunidade, e como isso funciona para mim.

Para empreender, não é obrigatório ter uma empresa. Empreendedorismo é uma forma de encarar a vida, é um estilo de vida, é você olhar para as coisas e falar o seguinte: “Não vou esperar alguém me dar alguma, me oferecer uma oportunidade. Eu mesmo vou criar a minha oportunidade!” Empreendedor é, portanto, aquela pessoa que não espera acontecer, ela vai lá e faz.

Se você é um empreendedor e está em busca de criar as suas oportunidades, saiba que elas existem para quem está atento, com a visão apurada. Se você quer transformar o seu negócio, a primeira regra é: assuma a responsabilidade daquilo que você faz. Em inglês, existe uma palavra para isso que é accountability, que é basicamente chamar para si a responsabilidade.

Quando você passa a chamar a responsabilidade para você, você se torna uma pessoa dona do seu próprio destino e não fica mais culpando o governo, o vizinho, a fome na África, o Trump, a Dilma, etc. Você vai culpar você mesmo, se você não atingir o resultado que está buscando. Do contrário, se você não culpar você mesmo, aí sim você está com problema.

Pense que, sempre que você for empreender na sua vida, você precisa ter em mente que você está sozinho. Afinal, você esteve e está sempre sozinho, você nasceu sozinho, vai morrer sozinho, e o negócio vai ser criado sozinho.

Mesmo que você tenha sócios, equipe, cada um tem a sua própria trajetória sozinho. Portanto, tenha a sua trajetória sozinho. Você tem um percurso na sua vida, que não necessariamente vai englobar as pessoas que estão com você hoje. Pode estar englobando agora, mas não necessariamente vão acompanhar você ao longo da vida.

Você já vivenciou a experiência de viajar sozinho? É uma experiência muito legal, porque faz você pensar em vários aspectos da sua vida, o que é que você faz no seu dia a dia, repensar em algumas rotinas. Isso é um exercício muito legal, que permite a você melhorar uma série de coisas.

Se você nunca viajou sozinho, recomendo que faça isso, porque vai fazer você amadurecer e pensar uma série de questões emocionais. Afinal, normalmente não temos tempo para absorver aquilo que está no nosso subconsciente e não processamos essas informações. E viajar sozinho ajuda a dar essa limpeza geral na mente, para deixá-la livre para que você possa focar na sua empresa, no seu negócio.

Estar sozinho não é ruim, apesar de, em via de regra, termos problemas com o fato de estarmos sozinhos. Porém, na verdade, ninguém está, de fato, totalmente sozinho. Sempre há pessoas que nos apoiam nas nossas empreitadas e que estão do nosso lado batalhando conosco. Mas é bom lembrar que cada um tem a sua batalha individual.

O grande lance é você perceber que a sua trajetória deve ser feita sozinho. Esteja consciente de que ninguém vai limpar as suas lágrimas ou a sua roupa e ninguém vai lhe dar uma tapinha nas costas e falar “vai lá”. Isso você tem que fazer sozinho, porque ninguém vai conseguir tirar a dor que é você empreender, que é você falir ou de não ter dinheiro para pagar as suas contas. Ninguém consegue tirar essa dor de você!

Quem consegue tirar essa dor de você é só você. Para isso, você precisa sacudir poeira, levantar e ir para a luta. Como já dizia Rocky Balboa, não é o quanto você sabe bater, mas é sim o quanto você consegue apanhar e continuar de pé. Isso é ser empreendedor. Ser empreendedor é ser guerreiro, é ter garra, é ir para a luta, e não deixar ninguém pisar em cima de você, não deixar o governo ou outra coisa qualquer ser uma desculpa para você não alcançar o seu objetivo e o seu resultado.

Empreender é uma luta solitária!

Gostou do artigo? Então confira esse vídeo sobre o assunto:


Se inscreva no Canal do YouTube: bit.ly/DiegoBritoBR

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Facebook Twitter LinkedIn Google+