Diego Brito
 

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Quer me convidar para palestrar em seu evento? Me mande uma mensagem.

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Facebook Twitter LinkedIn Google+  

Publicidade, Propaganda e Marketing tem diferença?

2692
diferenca publicidade propaganda marketing

Quando você pensa em publicidade, pensa no termo do inglês, chamado Publicity. E quando pensa em propaganda, vem do inglês Advertising. Qual é diferença desses dois termos? Publicidade é quando alguém fala de você. Então, pensa o seguinte: você apareceu em alguma mídia, por exemplo, na TV ou jornal, canal de comunicação. E fizeram isso de forma espontânea. Então, ele te fez publicidade. Agora, se apareceu em algum canal, fazendo pagamento para aparecer, por exemplo, um anúncio na revista, jornal, algo assim, você fez propaganda. Porque é toda vez que você paga para falarem de você. Então, recapitulando. Propaganda, você paga. Publicidade, teoricamente, é gratuito. Por quê? Quando você tem uma assessoria de imprensa, funciona assim: você paga um assessor de imprensa, que divulga alguns releases para a mídia. Que são textos falando do seu serviço, empresa, produto, marca. E com isso, você consegue mídia espontânea. Seja TV ou jornal, Web. E esse trabalho de assessoria de imprensa é de publicidade. Por mais que você pague para o assessor de imprensa, isso não é considerado propaganda. Porque os veículos, teoricamente, falam de você, de forma espontânea.

O que é o marketing? É toda vez que você pensa em satisfazer as necessidades latentes do consumidor. Essa é definição de Philip Kotler. Agora, se você pensar em Peter Drucker, que é um dos papas da administração, ele fala o seguinte: marketing é o resultado de tudo o que você faz, dentro da indústria, mercado capitalista. Então, toda vez que você propõe a oferecer alguma solução para o mercado, você faz marketing. Porque tenta propor alguma coisa – no caso estou falando mais de serviço, produto – que vá satisfazer a necessidade de alguém, trazendo algum retorno financeiro. Mas também podemos entender a propaganda do ponto de vista da ideia. Que vem do latim propagare. Que foi utilizado muito na religião católica, como o termo que tinha a ver com a propagação da fé. Então, propaganda vem mais da questão ideológica. E publicidade, mercadológica. Ambos fazem contexto dentro do universo do marketing. Que é entender como as coisas se relacionam, pessoas são e divulgar produtos, mercadorias e ideias para a sociedade. É muito famoso os quatro pesos do marketing, criado para o Philip Kotler: produto, promoção, preço e praça. Quando você equaliza essas quatro variáveis, faz marketing. Que produto ou serviço vai vender? Que tipo de oferta fará para o cliente? Qual será o preço? Qual lugar vai divulgar? Então, toda vez que pensou em vender, seja um brigadeiro, roupa, guitarra usada, está fazendo marketing. Porque pensa nessas perguntas: o que, quando, como, de que forma vai vender. Então, nisso, você entende o core do marketing.

E se você procurar no dicionário Aurelio, a Diferença Publicidade e Propaganda e Marketing, vai ver que publicidade e propaganda são sinônimos. Mas está errado. Então, isso foi por conta de uma tradução errada do termo. No Brasil, na década de 50, 60, 70, quando começaram as agências de comunicação eram de publicidade. Porque a publicidade era tipo como tudo aquilo que você faz em termos de divulgação de uma empresa. Mas, a maioria dessas agências não são de publicidade. São de propaganda. Daí que vem o erro. Você acha que publicidade é propaganda. Isso acontece até no universo das empresas. Se você quiser abrir uma empresa, hoje, uma agência, não consegue de propaganda. Porque não tem CNAE no IBGE, que é o órgão que regulamenta abertura de empresas que faz com quem classifique sua empresa como agência de propaganda. Só tem para agência de publicidade. Então, vê a confusão de onde vem.

Gostou desse artigo? Então confira esse vídeo sobre o assunto:

Se inscreva no Canal do YouTube: bit.ly/DiegoBritoBR

 

 

Diego Brito

Empreendedor, publicitário, palestrante e professor. Há 17 anos no mercado, fundador de diversas agências de marketing digital e propaganda, atualmente CEO na General Marketing.

Facebook Twitter LinkedIn Google+